CPI quer convocar presos envolvidos com tráfico de pessoas na região da Usina de Belo Monte

 Mulheres, travestis e uma menor de idade foram libertadas

 Segundo informações postadas no Blog R7, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Tráfico de Pessoas da Câmara dos Deputados deverá aprovar na terça-feira (19) requerimento para a convocação de dois homens presos nesta quinta-feira (14) em Altamira, no Pará, durante operação das polícias Militar e Civil, que libertou 15 jovens entre mulheres e travestis e uma menor de idade de um prostíbulo local. O requerimento foi apresentado à comissão pelo presidente da CPI, deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA).

Jordy informou que a comissão também vai apreciar na terça-feira o requerimento com convite às jovens libertadas para que prestem esclarecimentos, além de definir uma data para que os integrantes da CPI possam ir a Altamira com o objetivo de verificar a situação na região devido ao grande fluxo migratório nos últimos meses.

Segundo ele, cerca de 50 mil pessoas chegaram à região por causa das obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte nos últimos seis meses, “sem o mínimo de aparelhamento do Poder Público para receber essas pessoas”. O objetivo dos depoimentos, de acordo com o deputado, é colher e reunir informações para o aperfeiçoamento da legislação brasileira e também buscar saídas para o fim do tráfico de pessoas.

Jordy informou que, com a oferta de emprego na região, cresceu também a prostituição, o tráfico de drogas e o alcoolismo, e não houve contrapartida do Estado para enfrentar esses problemas.

De acordo com o presidente da CPI, cinco das mulheres liberadas, e que eram mantidas em cárcere privado, são catarinenses e foram recrutadas sob a promessa de ganhos altos para trabalharem em uma boate perto do canteiro de obras da usina. Jordy informou que as demais mulheres são do Rio Grande do Sul e do Paraná. Esse é mais um exemplo de que as quadrilhas especializadas neste tipo de crime não dão trégua. E, especificamente, no caso de Altamira, o tráfico humano e a prostituição estavam bem próximos de um empreendimento do governo federal. Temos notícia do conselho tutelar de que o número de bordéis quadruplicou após a instalação deste canteiro de obras.



Fonte:http://noticias.r7.com/brasil/cpi-quer-convocar-presos-envolvidos-com-trafico-de-pessoas-na-regiao-da-usina-de-belo-monte-15022013.

 

Nenhum comentário: