Homem confessa 13 facadas em companheira grávida e é preso em Petrolina

Mais um caso de violência contra mulheres em Petrolina choca a população. Um homem de 23 anos foi preso ontem (17), acusado de dar 13 facadas na mulher de 26, grávida de três meses. A tentativa de homicídio aconteceu no começo do mês, mas o acusado decidiu confessar o crime à polícia.
 
A mulher está internada no Hospital de Urgências e Traumas (HUT), já passou por duas cirurgias, uma delas para corrigir fraturas nos braços e nas pernas, e está em observação na clínica ortopédica, sem previsão de alta. Segundo os médicos ela não corre risco de perder o bebê.
 
Na data de 8 de abril foi registrada a ocorrência de que ele havia desferido vários golpes de faca na companheira por motivo de ciúmes”, conta a delegada da Mulher, Raquel Rabelo. O suspeito alega que de fato havia chegado a sua casa, não encontrou a mulher, foi procurá-la e a encontrou em uma pizzaria, acompanhada de parentes. Então pediu a chave de casa, e ela entregou, dizendo que iria em seguida. “Logo depois ela foi pra casa, colocou o filho de cinco anos para dormir e foi para o quarto, ocasião em que foi alvejada com diversos golpes de faca”, afirma a delegada.
 
O homem foi encaminhado ontem mesmo à Penitenciária Dr.Edvaldo Gomes. Ele será indiciado por tentativa de homicídio e, se condenado, poderá pegar de 6 a 20 anos de prisão.
 
 
 
 

Nenhum comentário: