Sucesso do XI Encontro da Rede Oblata e do Seminário Internacional

 
Aconteceu durantes os dias 14 a 16 de maio o XI Encontro da Rede Oblata, apoiado pela CESE e  com a participação das equipes das Unidades Oblatas do Brasil, Argentina e Uruguai, na Casa de Retiro São José em BH.
 
 
Durante o primeiro dia contamos com a  assessoria do advogado e militante dos Direitos Humanos Renato Roseno. Ele debateu conosco  os ‘Desafios no Enfrentamento às dinâmicas de exploração sexual de mulheres  nos mega-eventos”, destacando as inúmeras violações de direitos humanos de crianças e adolescentes e chamando a atenção para  o por quê da realização dos mega eventos no Brasil e quais as intencionalidades. 
 
 
 
 
Renato Roseno criticou a Federação Internacional de Futebol Associação (FIFA), por estar  interessada apenas na rentabilidade financeira que o evento irá proporcionar. Seu propósito é o máximo lucro, nem que para isso seja necessário destituir direitos. Destacou também as violações de direito s já presentes, como o caso das remoções e descolamentos forçados; o higienismo social, com a limpeza das ruas por meio do recolhimento e internação compulsória e a criminalização do protesto social, por meio de proposta de agravamento de penas; alteração de marcos legais e ampliação de dispositivos de controle que afetam principalmente a população pobre.
 
Na abordagem do tema “Legislação sobre as Redes de Exploração Sexual e de tráfico de pessoas”, o palestrante explicou como a legislação brasileira vinha tratando os crimes sexuais como crimes contra os costumes ainda. E ainda é uma legislação que não está adequada aos paradigmas dos direitos humanos.
 
 
Durante o segundo dia escutamos os depoimentos de mulheres vítimas da exploração sexual e do tráfico de seres humanos e pudemos compartilhar as pesquisas que as diversas unidades oblatas realizaram sobre as estruturas que promovem a exploração sexual e o tráfico de seres humanos em cada uma das cidades onde a Rede tem presença.
 
O último dia planejamos algumas ações concretas de enfrentamento a essas estruturas que promovem a exploração nos diferentes locais e elaboramos uma carta aberta de denuncia dirigida à sociedade e aos órgãos competentes, que foi lida no Seminário Internacional realizado na tarde do dia 16  como conclusão de nosso Encontro na sede da OAB-MG.
 
 
 
 
O Seminário, que teve 180 pessoas inscritas, de diferentes Entidades e Movimentos de todo o Brasil , contou com a presença por vídeo conferencia de Susana Trimarco ( a qual infelizmente, por motivo de saúde não conseguiu viajar a Bh tal como estava previsto)  e a palestra sobre “A realidade no Brasil do Trafico de seres humanos com fins de exploração sexual “ por Roseli Consoli.
 
 

Nenhum comentário: