Pastoral da Mulher de Juazeiro capacita equipe para a Campanha da Fraternidade 2015

A CF 2015 convoca a sociedade para um movimento de superação à violência.
 

Com o objetivo de acompanhar e capacitar a equipe de funcionários para o bom desenvolvimento do trabalho, atendendo adequadamente aos desafios apresentados pelos projetos, a equipe da Pastoral da Mulher passou por formação referente à Campanha da Fraternidade 2015, que apresenta como tema: Fraternidade – Igreja e Sociedade e o lema: Eu vim para servir (MC 10,45).
 
O momento formativo realizado na última segunda-feira, 02 de março, foi impulsionado pela trabalhadora social Mônica Siqueira, que esteve na capacitação da CF 2015 em Salvador/BA no mês de setembro de 2014.
 
A campanha da Fraternidade esse ano ilustra em seu cartaz o significativo gesto do Papa Francisco beijando os pés de uma pessoa, no rito do lava-pés.
 
“Eu vim para servir” são palavras que embasam o serviço da caridade do cristão e a Igreja em três dimensões: assistencial, promocional e transformadora.
 
Nos últimos anos, a campanha seguiu três categorias de temas: os ligados à renovação interna da Igreja, os relacionados às questões sociais (família, saúde, educação, trabalho, ecologia) e os referentes a situações existenciais de grupos específicos e excluídos da sociedade (menor, negro, mulher, juventude, indígenas).
 
Assim, para a Pastoral da Mulher, a Campanha da Fraternidade de 2015 convoca a sociedade para um movimento de superação à violência, construção da paz e do bem comum. Incentiva os conselhos paritários de direitos e participação social.
 
Além dos temas que envolvem diretamente as mulheres e a sociedade, a campanha alerta para a gravidade da degradação ambiental e a necessidade de políticas públicas de defesa da natureza, especialmente no que diz respeito à preservação da água.
                   Equipe da Pastoral em Formação
                         Mônica Siqueira conduzindo a atividade formativa.
 
                                                                    

Fonte: Pastoral da Mulher de Juazeiro

Nenhum comentário: