Pastoral da Mulher participa de reunião para a aprovação do Plano Municipal de Saneamento Básico


Os Comitês Coordenador e Executivo de elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico – PMSB de Juazeiro, estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira (25), na Secretaria de Planejamento e Aceleração do Crescimento – SEPLAC, para discutirem e aprovarem o prognóstico do plano.


Focado em quatro eixos básicos (abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais), o PMSB é um instrumento de planejamento que auxilia o município a identificar os problemas do setor, diagnosticar demandas de expansão e melhoria dos serviços, estudar alternativas de solução, bem como estabelecer objetivos, metas e investimentos necessários, para que a população tenha acesso aos serviços de saneamento.


Denominado como a terceira etapa integrante do PMSB, o prognóstico consiste na apresentação dos cenários atuais dos quatro eixos norteadores do plano em toda a extensão do município, como esse cenário deve ser melhorado e a apresentação de alternativas para essa mudança.


De acordo com o titular da SEPLAC, secretaria responsável pelo acompanhamento da elaboração do plano, Professor João Pedro da Silva Neto, a construção do PMSB de Juazeiro está chegando ao final da terceira etapa. “No mês passado os técnicos da Saneando, empresa contratada por meio de licitação para a elaboração do plano, apresentaram aos comitês o prognóstico, foi dado um prazo para que os comitês avaliassem melhor, uma vez que trata-se de um documento com mais de 300 páginas abordando um assunto técnico, e hoje nos reunimos para aprovação”, explica João Pedro, acrescentando que “o produto foi aprovado com a ressalva que a empresa nos apresente um resumo desse produto com um formato mais didático, para um maior entendimento da população e divulgação junto a mesma”, acrescentou o gestor da SEPLAC.


Para o padre Tiago Milan, partícipe do processo e também do Movimento Popular da Cidadania, o PMSB é um mecanismo de fundamental importância para o desenvolvimento de Juazeiro. “Procuro me informar, conhecer os projetos que estão sendo elaborados, para assim socializar nas áreas onde trabalho e colher da comunidade opiniões e contribuições, todos nós cidadãos temos o dever de participar e contribuir para iniciativas de desenvolvimento”, declarou Milan.


A Pastoral representada pela Educadora Social Mônica Siqueira, também integrante do Movimento Popular da Cidadania, destaca a importância dos movimentos e sociedade civil estarem presentes nesses momentos de discussão, haja vista que é um tema de bem comum que irá beneficiar toda a comunidade e em especial as mulheres atendidas pela Pastoral que moram em bairros periféricos sem o devido saneamento básico.
 

     Fonte: Asscom/Prefeitura Municipal de Juazeiro





Nenhum comentário: