Fundação da 1ª Casa de Acolhida das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor


A Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, celebram no dia 1º de junho, 152 anos da fundação da primeira casa de acolhida para as mulheres. 
 
O local escolhido foi uma casa numa vila de Ciempozuelos, que fica próximo a Madrid, Antonia (que ainda não era Madre) alugou a casa de uma senhora  chamada  Ana de Solís. A casa era bem simples, e tinha muitos consertos a serem realizados, para que tudo ficasse em perfeito estado, e assim receber bem as mulheres. Enquanto Padre Serra cuidava da parte burocrática para oficializar a casa perante as autoridades civis e a diocese, Antonia colocava mãos à obra para conseguir realizar os consertos e outras coisas que a casa necessitava.
 
Sustentada pela grande fé que tinha, procurou ajuda e pediu doações nos comércios locais, e aos poucos com muito apoio, e com o suor de seu trabalho conseguiu finalizar a reforma e receber as mulheres. A data escolhida foi 1º de junho era muito importante para Antonia, pois recordava um momento especial na vida dela que era sua primeira Eucaristia.

Fonte: P. Antolin Pablos Villanueva - 
La Madre Antonia de La Misericórdia, Madrid 1925.


 
Fonte:http://blogoblatasbrasil.blogspot.com.br/2016/05/fundacao-da-1-casa-de-acolhida-das.html  

Nenhum comentário: