Pastoral da Mulher realiza 1°. estudo das áreas abordadas

Nesta quarta-feira 25 de maio, a equipe de trabalhadoras sociais da Pastoral da Mulher em Juazeiro esteve reunida para realizar o primeiro estudo de 2016 das áreas abordadas. Nesse sentido, o Posto de combustíveis Frei Damião foi o local escolhido para ser estudado inicialmente.


O momento conduzido pela coordenadora Fernanda Lins e a trabalhadora social Ana Paula Santos foi iniciado num ambiente preparado para causar nas participantes as sensações vivenciadas por quem frequenta o espaço do posto, dentre elas, foram descritas as seguintes:
  • Frio, devido à ventania que ocorre no local à noite;
  • Buzina alta de caminhões;
  • Incômodo, por conta da poeira gerada com o vento;
  • Sensação de perigo causado pelo grande movimento do local e do fenômeno do uso e tráfico de drogas;
  • Insegurança, pois além de der um local muito aberto, não há iluminação suficiente.
O estudo foi marcado por pontos de vista e discussões bastante ricas apresentadas pelas trabalhadoras que estão e as que já estiveram em contato com a realidade deste local. Algumas falas de mulheres também foram expressadas após levantamento e síntese de visitas feitas esse ano.
Dessa forma, a equipe identificou que as mulheres que frequentam o Posto Frei Damião, demonstram certa confiança nas agentes que realizam visitas, com as quais desabafam conflitos vivenciados na batalha com as demais companheiras e também trazem questões familiares. Há também grande credibilidade do público no trabalho da Pastoral da Mulher, por ser uma instituição que está para atendê-las nas suas questões sociais e principalmente de saúde, pois a instituição é capaz de unir presença e carisma, o que torna esse atendimento diferenciado de outras instituições.

"Esses momentos são de grande importância, pois têm por objetivo possibilitar o acompanhamento de processos das mulheres assistidas e principalmente levantar propostas viáveis a fim de responder às principais demandas e impulsionar novas ações na área, destaca a trabalhadora social Mônica Siqueira".
Os momentos de estudo das áreas serão realizados durante todo o ano, contemplando as 06 áreas visitadas hoje pela instituição.
 



Fonte: Pastoral da Mulher

Nenhum comentário: