Brasileira é suspeita de liderar rede de prostituição na França

Brasileira de 34 anos e 15 pessoas que se prostituíam foram presas.
Rede teria volume de 'várias centenas de milhares de euros'.

 
Da AFP
Uma brasileira de 34 anos, suspeita de chefiar uma rede de prostituição operando no departamento Cher e na região de Paris, foi indiciada por lenocínio na quinta-feira (9).

Ela havia sido presa na terça-feira, na região de Paris, com dois parentes apresentados pela polícia como seus capangas. Eles foram indiciados por cumplicidade agravada e colocados sob controle judicial.

Quinze pessoas prostituídas (mulheres e homens), a maioria de nacionalidade brasileira, também foram detidos para serem ouvidos pela polícia de Bourges, encarregada do inquérito após a abertura, no início de 2016, de um centro de informação jurídica da investigação de Bourges.

As pessoas detidas estavam hospedadas em apartamentos localizados na região de Paris e em Bourges que a indiciada sublocava, além de cobrar uma comissão sobre os programas.

Segundo a polícia, os apartamentos alugados estavam localizados em Bourges, Pontoise, Sannois (Vald'Oise), Créteil, Champigny-sur-Marne (Val-de-Marne) e Courbevoie (Hautsde-Seine).

Os prostituídos entravam em contato com os clientes através de anúncios na internet.

De acordo com a fonte, o volume de negócios da rede seria de "várias centenas de milhares de euros".

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/06/brasileira-e-suspeita-de-liderar-rede-de-prostituicao-na-franca.html

Nenhum comentário: