PASTORAL DA MULHER DE JUAZEIRO-BA REALIZA O II ENCONTRO DE MULHERES


No último dia 08/06, realizamos o II Encontro com as mulheres, dando seguimento à proposta do projeto de “Afirmação de direitos”, que busca sensibilizá-las, partindo da análise crítica sobre suas realidades, bem como a construção de ações e iniciativas para conquistas e garantia de seus direitos.

Após breve retrospectiva do último encontro, enfatizando a proposta do projeto, que visa “dar voz” às mulheres, para que em conjunto sejam garantidos espaços de reflexões e ações no enfrentamento das suas necessidades, foi proposta a leitura e reflexão do texto: A águia e a galinha, partindo das seguintes perguntas geradoras: O que compreendemos sobre o texto? Já se sentiu uma galinha alguma vez? Já se viu num penhasco? Como se sentiu e reagiu?
Notamos que as discussões das mulheres estavam quase que totalmente voltadas para as relações com seus companheiros, ou seja, as relações de gênero. Algumas demonstravam certa coragem no enfrentamento às posturas machistas, no sentido de conquistar seus espaços.
Em seguida, foi exibido um vídeo que retratava fatos históricos concernetes às conquistas das mulheres, como: a conquista do voto, surgimento do movimento feminista no Brasil, surgimento do dia internacional da mulher, mulheres assumindo o trabalho masculino nas fábricas por conta da 2ª guerra mundial, mulheres se inserindo no mundo do esporte e mercado de trabalho, e reinvidicando seus direitos, Lei Maria da Penha e outras.
Retomamos as discussões com o grupo no intuito de enfatizar a importância de cada conquista adquirida ao longo da história, onde fica para todas nós a responsabilidade de seguir avante, buscando melhorias e reinvidicando nossos direitos. Também foram socializadas as frases recebidas junto com chocalhos no inicio da reunião.
Na ocasião as mulheres escolheram um nome para o Grupo, que se chamará “Mulheres Pérolas”, fazendo uma alusão ao processo da ostra, que precisa ser ferida para poder produzir a pérola, tema que foi trabalhado no primeiro encontro.
Foi feito um vídeo com o grupo local para ser enviado ao grupo da Pastoral de Belo Horizonte, apresentando o que foi visto e refletido nesse encontro. O vídeo será solicializado com o grupo “Filhas da Luta”, que também fará um vídeo e enviará a Juazeiro, como forma de aproximar as mulheres, preparando-as para o encontro que será realizado em setembro.
O grupo está sendo conduzido pelas trabalhadoras sociais Ana Paula Santos e Fernanda Lins.
Diante dessa experiência, podemos afirmar que o empoderamento feminino é um desafio a ser conquistado cotidianamente. Devemos buscar uma mudança na dominação tradicional dos homens sobre as mulheres, garantindo às mesmas a autonomia no que se refere ao controle dos seus corpos, da sua sexualidade e da sua liberdade como um todo, e isso só se consegue mediante muita luta e persistência, finaliza Fernanda Lins.
 



 

                                      Fonte: Pastoral da Mulher

 

Nenhum comentário: