I Estudo da Rede Oblata - Prostituição à brasileira


Seguindo a experiência do ano de 2016, os profissionais que compõem a Pastoral da Mulher de Juazeiro tem como uma das etapas do planejamento anual, realizar estudos sobre temas relacionados a realidade da prostituição, com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre este universo, socializar experiências e vivências e assim fortalecer a atuação junto ao público atendido.

O primeiro de sete encontros que serão promovidos pela unidade oblata de Juazeiro, aconteceu nessa quarta-feira, dia 22/03/2017, e além dos profissionais da instituição, contou com a participação de uma representante do Projeto Florescer de Petrolina. 

Baseado no livro de José Carlos Sabe B. Meihy, o estudo teve como tema: "Prostituição à brasileira". A educadora social que norteou o momento, Ana Paula dos Santos, utilizou como metodologia: a apresentação em powerPoint de aspectos importantes da obra; trabalho em grupos utilizando fragmentos do texto, com apresentação e discussão de pontos relevantes; e para finalizar, um vídeo com o autor falando sobre a experiência na construção do livro, que traz o relato de cinco pessoas que narram suas histórias de prostituição fora do Brasil. Oferecendo múltiplos olhares e experiências vindos de dentro do mundo que trata o sexo como negócio. José Carlos Sabe ressalta que ao escrever o volume, que assegura ser sua melhor obra, objetivou provocar um maior diálogo sobre uma problemática que a sociedade costuma invisibilizar.
Ana Paula convidou todos a fazerem a leitura do livro posteriormente para uma maior compreensão. Os participantes afirmaram sentirem-se instigados a leitura e avaliaram o momento de discussão positivamente.
Fonte: Pastoral da Mulher


Nenhum comentário: