Mulheres Celebram a Páscoa na Pastoral em Juazeiro



 A Pastoral da Mulher realizou na terça-feira, dia 11 de abril, a celebração de Páscoa com as mulheres atendidas. Durante a tarde, as mulheres vivenciaram o verdadeiro sentido da Páscoa se expressando através de sua fé.

Diocese de Juazeiro prepara “Festa da Vida” para promover ações sociais









































Divulgar e promover o trabalho de quem se dedica à solidariedade. É esse o objetivo da Festa da Vida, organizada pela Diocese de Juazeiro, e programada para acontecer no próximo dia 23 de abril, domingo, a partir das 9h, na praça da Catedral. O evento será uma feira de exposição dos trabalhos das Pastorais sociais e outros organismos que atuam pela defesa e promoção da vida. Tendas temáticas e manifestações culturais fazem parte da programação. 

Ciclo de Palestras do Projeto Ronda em Movimento - Juazeiro/BA




As representantes da equipe da Pastoral da Mulher, Anna Lícia Brito e Maria das Neves, estiveram na manhã dessa segunda, 10/04/2017, participando do Ciclo de Palestras referente ao Projeto Ronda em Movimento, promovido pela Polícia militar da Bahia.

O evento, que teve como objetivo principal fortalecer os laços da Rede de Enfrentamento à Violência, aconteceu no auditório da OAB. A convite da atual responsável pela Ronda Maria da Penha de Juazeiro, Capitã Paula, do Comandante geral da PMBA e do Comandante da CPRN, vários atores sociais que compõem a rede de defesa e enfrentamento a violência contra a mulher estiveram presentes.

O encontro contou com a brilhante participação da MAJ PM Denice Santiago – Comandante da operação Ronda Maria da Penha em Salvador; além dos palestrantes: Capitão Aurélio, capitã Ivana e a Vice Presidente do Conselho da Mulher, Katussia Almeida. 

Os temas abordados durante o ciclo envolveram informações pertinentes a redes organizacionais, relações interpessoais e a experiência da Operação Ronda Maria da Penha. A discussão possibilitou uma reflexão sobre a atuação indispensável de cada instituição e ofertou, ainda, suporte teórico e técnico para o trabalho em rede.

Fonte: Pastoral da Mulher




Abuso psicológico é porta de entrada para agressões físicas


Reality show global mostra exemplo de relacionamento abusivo entre Marcos e Emilly

 Quem assiste ao “Big Brother Brasil” (“BBB”) está acostumado a ver provas do líder e da comida, indicações ao Paredão, brigas, intrigas e eliminações. Mas, nesta temporada, os fãs do programa estão recebendo também demonstrações quase diárias de relacionamento abusivo – aquele que tem agressões verbais e psicológicas – ao acompanharem a história do casal Marcos e Emilly.

Chimamanda: “Pai é verbo tanto quanto mãe” – dicas práticas para uma formação igualitária

Escritora nigeriana lança livro ‘Para educar crianças feministas’ com dicas práticas para uma formação igualitária

“Se o seu marido dorme com outra mulher e você o perdoa, será que a mesma coisa aconteceria se você dormisse com outro homem?”. Com esse questionamento, a escritora Chimamanda Ngozi Adichie (Nigéria, 1977) inicia seu mais recente livro. “Se a resposta for “sim”, então a sua decisão de perdoá-lo pode ser uma escolha feminista, já que não tem relação com o gênero”, concluiu a autora.

O novo livro da escritora feminista não é, no entanto, sobre relacionamentos. Ao menos não sobre relacionamentos entre casais. Para educar crianças feministas, um manifesto(Companhia das Letras, 14,90 reais) é praticamente um manual com questionamentos e respostas sobre a educação infantil atrelada ao feminismo.

Terceiro Estudo da Rede Oblata - Pastoral da Mulher de Juazeiro/BA



O terceiro estudo da Rede Oblata aconteceu na manhã desta quarta-feira, 05 de abril, e teve como tema: Prostituição e exclusão Social.

A mediadora, Railane Delmondes, baseou-se em textos de Jesse Souza e Patrícia Mattos, extraídos do livro “A ralé brasileira” e um artigo de Octávio Sacramento e Manuela Ribeiro: “Mulheres marcadas: prostituição, ordem e exclusão”.

Pastoral da Mulher realiza bate-papo sobre prevenção das DST nos locais de prostituição

Abordagem e prevenção

Nos meses de fevereiro e março, a Pastoral realizou uma série de bate-papos com as mulheres nos locais de abordagem sobre temas ligados à prevenção das DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis - e higiene íntima.



As doenças sexualmente transmissíveis (DST) constituem um grave problema mundial de saúde, com milhares de pessoas infectadas a cada dia, o que resulta em sérias consequências para a saúde individual e coletiva, como infertilidade, gravidez ectópica, câncer cervical, morte e, por fim, um enorme impacto psicossocial e econômico.

As mulheres atendidas pela Pastoral foram orientadas sobre à realização de exames e testes para detecção de DST, que devem ser feitos anualmente ou conforme período orientado pelo médico. Esses tipos de exames são oferecidos pela rede pública de saúde – SUS, através dos postos (UBS) e unidades de aconselhamento em HIV/ DST e AIDS.

Uma das estratégias desses encontros foi de garantir maior aproximação com as mulheres que vivenciam a prostituição na cidade e discutir temas relacionados à saúde e seu cotidiano. Além das informações sobre as DST, a Pastoral também vem esclarecendo sobre a importância da higiene íntima adequada, que deve ser prioridade na rotina de todas as mulheres, prevenindo infecções e outros riscos à saúde.

Após o momento de conversa, as mulheres recebem um informativo explicativo sobre prevenção das DST e foram presenteadas com um lindo kit contendo sabonete íntimo e toalhinha.


Fonte: Pastoral da Mulher de Juazeiro