PASTORAL DA MULHER COMEMORA O MÊS DA MULHER E SE MANTÉM NO CMDDM (Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher)



Ao ser criado esta data, não se pretendia apenas comemorar. Em alguns espaços, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem em muitos locais, com salários baixos, violência, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

 Assim a Pastoral da mulher está vivenciando o mês de março a partir de atividades reflexivas e lúdicas; rodas de conversas sobre a temática reforçando o “ser mulher”, momento de beleza, favorecendo a autoestima, como também atividade desenvolvidas nos locais de prostituição, onde as agentes estão de forma animada entrando nos bares e parabenizando as mulheres com a entrega de brinde e cartão.

 O Dia 8 de março foi celebrado com esporte e saúde, a partir de um circuito, onde o percurso teve a concentração no Parque Lagoa de Calú e ao chegar na Praça da Bandeira, centro da cidade foram oferecidos alguns serviços de saúde e beleza.

O circuito, batizado de “Maria da Penha: Em busca do nosso espaço e da garantia do direito a saúde feminina, aos direitos sexuais e reprodutivos previstos na Lei”, foi organizado pela Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social (Sedis) e Conselho Municipal em Defesa do Direito da Mulher, onde atualmente a Pastoral da Mulher está na coordenação interina, representada pelas trabalhadoras sociais Joice Oliveira (Titular) e Ana Paula Silva (Suplente).

O evento também foi marcado pela posse do CMDDM, composto atualmente por 21 seguimentos do poder público e sociedade civil, de forma paritária.

Para Joice Oliveira “O evento foi positivo, valorizando um novo formato de se comemorar a data e por perceber a importância da atuação de um Conselho em defesa a causa da mulher na cidade”.

Para finalizar as comemorações acontecerá a Assembleia da Rede Mulher, em Remanso, de 28 a 30/03, onde vários grupos de mulheres: mulheres em situação de prostituição, trabalhadoras rurais, apicultoras, pescadoras, artesãs, doceiras, outras, estarão reunidos para obter informações, debater e refletir sobre a causa da mulher, contribuindo no resgate da dignidade, elevação da autoestima, formações na defesa e garantia dos direitos e geração de renda, nos princípios da Economia Solidaria.


 

Sede da Pastoral: Cantinho da Beleza- Corte e Escova
Dia de Diva: Maquiagem 

Esmaltes Personalizados
Caminhada 08 de Março

Posse do CMDDM







Stands: CIDHA, manicure, cabeleireiro, limpeza de pele, massagem e voz e violão










Nenhum comentário: