Diocese de Juazeiro realiza Grito dos Excluídos e abre desfile de 7 de setembro


“Este sistema é insuportável: exclui, degrada, mata!” é lema da 22ª edição do Grito dos Excluídos, que tem como tema “Vida em primeiro lugar”. A mobilização, com auge em 7 de Setembro, dia da Independência do Brasil, questiona e denuncia as várias formas de desigualdades do país, apontando qual o real papel do Estado diante das exclusões.

A Diocese de Juazeiro reporta-se à questão da luta em parceria com os Movimentos sociais, entidades, associações e organizações de base, e convoca a sociedade para participar do ato com concentração às 7h, no início da orla II da cidade.
 
Diferente dos outros anos em que a mobilização encerrava as apresentações, neste dia 7 de setembro, o grito dos excluídos em Juazeiro deverá abrir o desfile, vindo logo após a passagem do Grupamento de Bombeiros, Policias Rodoviárias Federal e Estadual, veículos militares, Marinha, Exército e Maçonaria.
 
De acordo com a coordenação da articulação em Juazeiro, “o Grito precisa continuar acontecendo e manifestando indignação diante de um sistema político e econômico que exclui e descarta a maioria da população da participação e decisão dos rumos do país, independentemente de partidos e governos. O desafio do Grito é estar no meio do povo como espaço de organização e mobilização, como um pequeno grande professor que contribui levando informação e formação e incentivando a participação popular, condição essa para construirmos as mudanças”.
 
Fonte: Pascom

Nenhum comentário: