Bispo de Petrolina diz que renúncia do Papa deve ser vista como “atitude de coragem e prudência”

 
 
O Bispo da Diocese de Petrolina, Dom Manoel dos Reis de Farias, comentou a renúncia do Papa Bento XVI, que deve deixar o cargo no próximo dia 28 de fevereiro.
 
De acordo com Dom Manoel, a atitude de Bento XVI deve ser vista como um ato de coragem e reconhecimento das dificuldades encontradas pelo Papa.
 
Eu vejo isto como uma coisa que é normal no sentido de que o papa fez isso reconhecendo suas fraqueza de saúde. Mais do que isto, a atitude do papa deve ser vista como uma atitude de coragem e prudência”, ressaltou o bispo.
 
 
 
(fonte: TV Grande Rio)
 
 

Nenhum comentário: